Por que o Brasil vai mal na prova da OCDE, segundo este estudo

Estudo do Insper analisou dados sobre desempenho de brasileiros no Pisa de 2015 e conclui que desconhecimento de alunos sobre conteúdo não foi o único fator para o baixo desempenho

    O Brasil tem histórico de notas ruins na prova internacional de avaliação de alunos – Pisa, na sigla em inglês. O exame, aplicado em estudantes de 15 e 16 anos, é organizado pela OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico) e visa mensurar e melhorar a qualidade do aprendizado em diferentes países do mundo.

    Depois de estrear em 2000, a prova passou a ser aplicada de três em três anos. Em maio de 2018, a OCDE realizou uma edição da prova, mas os resultados devem ser publicados apenas em 2019.

    PARA CONTINUAR LENDO,
    TORNE-SE UM ASSINANTE

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.