Brasil condenado no caso Herzog: qual o peso da decisão internacional

Corte Interamericana diz que Estado brasileiro cometeu ‘crime contra a humanidade’, mas punições efetivas de militares dependem do Supremo

ESTAVA ERRADO: A primeira versão deste texto informava que a condenação ao Estado brasileiro na Corte Interamericana de Direitos Humanos se deu pela "prisão, tortura e morte do jornalista Vladimir Herzog". O Estado brasileiro foi condenado, na verdade, "pela falta de investigação, de julgamento e de punição dos responsáveis" por esses crimes. A informação foi corrigida às 13h34 do dia 5 de julho de 2018.

 

PARA CONTINUAR LENDO,
TORNE-SE UM ASSINANTE

Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
SEM DIFICULDADES

Já é assinante, entre aqui

Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.