O site que mapeia avistamentos de ratos em Paris

Segundo político de setor da cidade em que a iniciativa é implementada, medida busca pressionar por ações da prefeitura

 

Desde a segunda-feira (11), pessoas que avistarem ratos nas ruas de Paris podem reportá-los no site signalerunrat.paris. Cada avistamento é registrado com o desenho de um ratinho em um mapa on-line da cidade. A iniciativa é apresentada como uma tentativa de pressionar a prefeitura, capitaneada por Anne Hildago, a lidar com o problema.

A criação do mapa é liderada por Geoffroy Boulard, que é, por sua vez, prefeito do 17º dos  20 “arrondissements” da cidade. A capital francesa é dividida nessas unidades administrativas, que têm processos de eleição de conselheiros que, por sua vez, escolhem prefeitos locais próprios.

O 17º Arrondissement fica do lado direito do rio Sena, e é composto pelos bairros de Quartier des Épinettes, Quartier des Batignolles, Quartier de la Plaine-de-Monceaux e Quartier des Ternes, e o mapa dos avistamentos de ratos vale apenas para essa área.

Em entrevista à TV francesa BFMTV reproduzida pelo jornal britânico The Guardian, Boulard afirmou que ele decidiu adotar a medida após saber que uma creche em sua subprefeitura tinha problemas com ratos.

Também foi criada uma central que coletará reclamações telefônicas sobre os ratos.

“A presença de ratos no espaço público é preocupante e está se tornando mais e mais séria. Uma creche nossa foi cercada por ratos, mortos e vivos. Ninguém está assumindo a responsabilidade. É uma questão de saúde pública. A cidade tem que reagir a esse problema sanitário. Não é só o 17º [distrito]”, afirmou.

Boulard também está usando a iniciativa e sua visibilidade para sua autopromoção.

Uma caricatura sua vestindo um terno azul com uma faixa com as cores da bandeira francesa recebe quem acessa a plataforma com a frase: “Bonjour! Je suis Geoffroy BOULARD, maire du 17e arrondissement” (“Bom dia! Eu sou Geoffroy BOULARD, prefeito do 17º arrondissement”).

Em seguida, a caricatura explica como o site funciona. Ao clicar no desenho do prefeito, o usuário tem acesso ao seu perfil no Twitter.

Uma iniciativa similar em Nova York, organizada pela companhia de visualização de dados GeoBI Lab, mapeia as reclamações sobre ratos feitas na cidade.

Em sua entrevista à BFMTV, Boulard aproveitou para fazer críticas à gestão central da cidade, e esclareceu que, quando a prefeitura toma alguma atitude, o desenho de uma pá aparece no lugar daquele de um rato.

“Se é uma prioridade para eles, então eles deveriam trabalhar mais duro. No momento em que um residente ou alguém passando pela cidade fizer uma denúncia, nós iremos até a Câmara Municipal e o mapa será atualizado todas as vezes em que eles intervierem. Uma pequena pá substituirá o desenho do rato. Isso é, se eles intervierem”, disse.

Segundo informações do jornal especializado em notícias sobre a França The Local, a prefeitura de Paris lançou em 2017 uma campanha de 1,5 milhão de euros contra ratos na capital. Entre as propostas estão novas armadilhas e o projeto de criar bases de madeira ou vidro para as latas de lixo como forma de torná-las menos acessíveis aos ratos.

Boulard acusou Hidalgo, porém, de não estar fazendo o suficiente para lidar com o problema.

Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.

Já é assinante?

Entre aqui

Continue sua leitura

Para acessar este conteúdo, inscreva-se abaixo no Boletim Coronavírus, uma newsletter diária do Nexo: