Ir direto ao conteúdo

Este site mostra as principais doenças por raça de cachorro

Plataforma é fruto de pesquisa publicada em abril de 2018 após análise do DNA de mais de 100 mil animais

 

Cachorros de raça são frequentemente vistos como mais propensos a desenvolver doenças genéticas do que os viralatas.

O raciocínio é de que os cães de uma mesma raça tendem a ter cargas genéticas parecidas. Por isso, o cruzamento entre eles favorece o encontro de genes recessivos, que pode levar ao desenvolvimento de doenças.

Um trabalho publicado em abril de 2018 na plataforma acadêmica sem fins lucrativos Plos One buscou colocar esse conceito à prova. Cientistas analisaram o DNA de 18.102 cachorros representantes de 230 raças “puras”, e o de 83.220 viralatas.

Eles concluíram que cerca de 2 em cada 5 cachorros carregam pelo menos uma cópia de um gene responsável pelo desenvolvimento de doenças. A análise focou em 152 variantes genéticas.

Entre os cães viralatas, 40% carregam pelo menos um gene recessivo responsável por doenças. Entre os cães de raça, 28% carregam pelo menos um gene do tipo.

Por outro lado, cerca de 2% dos cães viralatas correm risco de desenvolver essas doenças. E 5% dos cães de raça sofrem esse risco.

Esse risco maior entre cães de raça pode se dever ao fato de que, apesar de terem menos genes recessivos responsáveis por doenças no total, é mais provável que cruzem com cães com carga genética similar, permitindo que esses genes se encontrem, e que as doenças se manifestem.

O trabalho deu origem também a uma plataforma on-line, a “My Breed Data”, que mostra quais doenças cada raça tem mais probabilidade de desenvolver, com base nos dados analisados.

É possível pesquisar por nome da raça e descobrir as doenças mais comuns. Ou então pesquisar pelo nome da doença e descobrir a raça que sofre mais frequentemente com ela.

Por exemplo: 1% dos chiuauas têm risco de desenvolver atrofia generalizada da retina, que normalmente leva à cegueira.

 

Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa Equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project. Saiba mais.

Mais recentes

Você ainda tem 2 conteúdos grátis neste mês.

Informação com clareza, equilíbrio e qualidade.
Apoie o jornalismo independente. Junte-se ao Nexo!