Como escrevia e o que pensava o escritor americano Philip Roth

Um dos maiores romancistas americanos, o autor de ‘Pastoral Americana’ e ‘O Complexo de Portnoy’ morreu em 22 de maio, aos 85 anos

Temas
 

O escritor americano Philip Roth morreu na noite de terça-feira, 22 de maio de 2018, aos 85 anos, vítima de insuficiência cardíaca.

Figura proeminente da literatura do século 20 e autor prolífico, Roth assumiu muitas facetas de si mesmo, através de seus personagens, para explorar os significados de ser um americano, um judeu, um escritor e um homem, segundo o obituário do jornal americano The New York Times.

PARA CONTINUAR LENDO,
TORNE-SE UM ASSINANTE

Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
SEM DIFICULDADES

Já é assinante, entre aqui

Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.