Como saber se foi um robô que escreveu o que você está lendo

Ferramentas analisam comportamento de usuários no Twitter e identificam a probabilidade de o perfil ser automatizado ou ter havido atuação orquestrada para dar mais visibilidade a um assunto

 

A proximidade da campanha eleitoral, que oficialmente começa em 16 de agosto, tem mobilizado grupos e pesquisadores a fim de propor formas para tornar a troca de informações mais transparente nas redes sociais. Um dos caminhos é inibir a atuação de robôs, bastante usados para disseminar boatos e notícias falsas.

Dois projetos recentes criaram ferramentas com propósito de ajudar usuários a identificar se perfis no Twitter são, na verdade, robôs ou se algum assunto ficou em evidência graças à atuação deles.

ASSINE O NEXO PARA
CONTINUAR LENDO

Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
SEM DIFICULDADES

Já é assinante, entre aqui

Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.