A importância do jornal Versus, publicado durante o regime militar

Periódico que circulou na década de 1970 denunciava regimes autoritários na América Latina por meio de narrativas de ficção, quadrinhos, pinturas e poesia. Acervo foi digitalizado e está on-line

 

Em 1975 começava a ser produzido, no porão de um sobrado em São Paulo, o jornal Versus, dedicado a narrativas que retratassem o presente e o passado da América Latina e à resistência ao regime militar no Brasil.

A publicação foi fundada pelo jornalista gaúcho Marcos Faerman e, além de reportagens, apresentava textos de ficção, fazendo denúncias por meio de metáforas culturais e históricas. Versus contava histórias míticas de heróis de esquerda e lutas populares ocorridas em diversas épocas: dos conquistadores europeus aos regimes autoritários que ocorriam na maior parte da América Latina na década de 1970. 

PARA CONTINUAR LENDO,
TORNE-SE UM ASSINANTE

Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
SEM DIFICULDADES

Já é assinante, entre aqui

Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.