Qual o estágio do projeto que exclui o selo de transgênicos de embalagens

Proposta que tramita no Senado quer extinguir a obrigatoriedade do símbolo. Marcação existe desde 2003 para indicar presença de componentes geneticamente modificados em alimentos

    A Comissão de Meio Ambiente do Senado aprovou, na terça-feira (17), o projeto de lei que extingue o uso obrigatório do selo indicativo de transgênicos.

    O símbolo, representado pela letra ‘T’ no interior de um triângulo amarelo, começou a ser adotado em 2003 e é exigido na indústria como forma de alertar o consumidor sobre componentes geneticamente modificados em alimentos.

    ASSINE O NEXO PARA
    CONTINUAR LENDO

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.