O arquiteto que inspirou as cidades futuristas de ‘Metrópolis’ e ‘Blade Runner’

Antonio Sant’Elia era adepto do futurismo, movimento artístico surgido na Itália que enaltecia as máquinas e a velocidade

    Temas
    Foto: Divulgação
    Frame de 'Blade Runner, o Caçador de Androides', de 1982
     

    Arranha-céus com centenas de andares, prédios de escritórios super modernos, uma Torre de Babel que chega aos céus. São estas algumas edificações presentes nos filmes “Metrópolis” (1927), de Fritz Lang, e “Blade Runner, o Caçador de Androides” (1982), de Ridley Scott. 

     

    PARA CONTINUAR LENDO,
    TORNE-SE UM ASSINANTE

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.