Quem mais perde com uma eventual candidatura de Temer ao Planalto

Presidente fala abertamente em candidatura. Partidos ligados a governo impopular têm agora quatro possíveis nomes para a disputa

     

    Um ano e dez meses depois de assumir o Palácio do Planalto, Michel Temer já admite publicamente que poderá entrar na disputa presidencial de outubro de 2018. As primeiras declarações públicas nesse sentido foram dadas na terça-feira (20), em Brasília. Três dias depois, a revista IstoÉ publicou uma entrevista com o presidente na qual ele afirma claramente:

    “Seria covardia não ser candidato”

    ASSINE O NEXO PARA
    CONTINUAR LENDO

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.