Quem é o novo presidente que assume o Peru em meio à crise

Pouco conhecido, Martín Vizcarra chega ao poder após renúncia de PPK. Ele fala em governo de união nacional e combate à corrupção

Conhecido como PPK, Pedro Pablo Kuczynski apresentou na quarta-feira (21) sua carta de renúncia à Presidência do Peru, em meio a suspeitas de corrupção. Dois dias depois, na sexta-feira (23), o Congresso peruano aceitou a renúncia, e um novo presidente tomou posse: Martín Vizcarra, até então vice-presidente.

Desde outubro de 2017, Vizcarra também era embaixador do Peru no Canadá e portanto estava baseado em Ottawa, capital do país da América do Norte. Ele chegou ao Peru na madrugada de sexta-feira (23), mesmo dia em que foi oficializada sua saída do cargo de embaixador. Vizcarra ficou na sede do Ministério das Relações Exteriores peruano até que o Congresso confirmasse a renúncia e ele fosse convocado oficialmente para tomar posse, no início da tarde.

ASSINE O NEXO PARA
CONTINUAR LENDO

Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
SEM DIFICULDADES

Já é assinante, entre aqui

Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.