O que é ‘regra de engajamento’. E como ela difere no Rio e no Haiti

Ex-comandante das tropas da ONU defende autorização para ‘alvejar’ quem portar armas abertamente durante intervenção no estado

     

    O general da reserva do Exército Brasileiro Augusto Heleno Ribeiro Pereira defendeu no sábado (17) a adoção de uma “regra de engajamento altamente flexível” para os militares envolvidos na intervenção na segurança pública do Rio de Janeiro, que havia sido decretada no dia anterior pelo presidente Michel Temer.

    Com isso, disse Heleno, as Forças Armadas teriam “o poder de ferir e chegar ao ferimento letal daquele sujeito que tivesse ato ou intenção hostil”. Heleno descreveu uma situação hipotética assim:

    PARA CONTINUAR LENDO,
    TORNE-SE UM ASSINANTE

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.