O contexto político e social por trás da criação do Pantera Negra

Conquistas de direitos civis e orgulho negro contribuíram para criação e protagonismo do personagem nos quadrinhos nas décadas de 1960 e 1970

Temas
 

“Criei o Pantera Negra porque percebi que não havia negros na minha história em quadrinhos”, explicou uma vez o quadrinista Jack Kirby, um dos pioneiros da Marvel. “Nunca tinha desenhado um negro. Precisava de um negro. De repente, descobri que tinha muitos leitores negros. E lá estava eu ignorando eles… me dei conta… de que ninguém estava fazendo negros.”

O herói negro inventado por Kirby estreou na revista do Quarteto Fantástico em julho de 1966. Era não apenas o primeiro super-herói negro dos quadrinhos, mas também vinha de uma nação africana tecnologicamente avançada, Wakanda. Era uma mudança substantiva: na cultura popular, o continente geralmente aparecia como atrasado e rústico.

PARA CONTINUAR LENDO,
TORNE-SE UM ASSINANTE

Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
SEM DIFICULDADES

Já é assinante, entre aqui

Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.