O projeto que incentiva meninas de escola pública a seguirem carreira nas exatas

‘Elas nas exatas’ estimula inserção feminina na área com propostas que ensinam técnica e as histórias de mulheres cientistas

    Um novo edital do projeto “Elas nas Exatas” está aberto até o dia 28 de novembro. Lançada em 2015, a iniciativa selecionará dez novos projetos destinados a incentivar meninas que cursam o ensino médio em escolas públicas de todo o país nas áreas de exatas e ciências tecnológicas. 

    Os vencedores receberão apoio técnico e financeiro (no valor de R$ 35 mil) das quatro instituições que estão por trás do edital — ELAS Fundo de Investimento Social, Instituto Unibanco, Fundação Carlos Chagas e ONU Mulheres — para colocar em prática estratégias que despertem o interesse das estudantes nessas áreas e ajudem a superar estereótipos.

    PARA CONTINUAR LENDO,
    TORNE-SE UM ASSINANTE

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.