Uma robô ganhou cidadania na Arábia Saudita. Qual o debate sobre o assunto

Humanoide Sophia falou a investidores e ainda fez piada com quem teme avanço desregrado de inteligência artificial como Elon Musk

    Na Arábia Saudita, uma mulher anunciou, com um sorriso no rosto, a um palco de chefes de Estado, empresários e investidores, o ganho de um direito, cedido pelo governo monárquico – o mesmo que, no início de outubro, deu permissão às mulheres para dirigir no país.

    O comunicado foi feito nesta quarta-feira (25) durante um evento de três dias chamado Future Investment Initiative (algo como Iniciativa de Investimento Futuro). Diante do público, não uma mulher de carne, osso e véu, mas uma de plástico, recheada de fios, placas eletrônicas e inteligência artificial, chamada Sophia.

    PARA CONTINUAR LENDO,
    TORNE-SE UM ASSINANTE

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.