O acervo com mais de 1.000 livros de arte japonesa disponível na internet

Obras datadas do século 17 ao 20 foram digitalizadas pelo instituto americano Smithsonian. Coleção conta com páginas desenhadas por Kōetsu, Hokusai e Toyokuni

    Temas

    Mais de 40 mil imagens, presentes em 1.100 livros de ilustrações e manuscritos japoneses datados do século 17 ao 20, foram digitalizadas e estão disponíveis online no site das bibliotecas Smithsonian.

    O instituto americano criado em 1846 reúne museus e centros de pesquisa administrados pelo governo dos Estados Unidos. Atualmente, seu acervo digitalizado conta com 2 milhões de volumes, cerca de 15% do total de documentos que ainda passarão pelo processo.

    As novas obras são resultado do trabalho de digitalização de parte das coleções de dois americanos milionários, Charles Lang Freer e Arthur M. Sackler, que compõem juntos o acervo de arte asiática do Smithsonian.

    ASSINE O NEXO PARA
    CONTINUAR LENDO

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.