Que pontos da reforma trabalhista afetam mais as mulheres, segundo duas juristas

Rerforma passa a valer em novembro, e há mais pontos que devem ser incluídos via Medida Provisória

    Aprovada pelo Senado e sancionada pelo presidente Michel Temer em julho de 2017, a reforma trabalhista entra em vigor em novembro. Ela modifica 97 artigos da Consolidação das Leis Trabalhistas, e 7 artigos de outras normas. É a maior mudança do tipo realizada desde 1967.

    Entre outras alterações, a lei permite que patrões façam acordos para alterar, caso a caso, 13 pontos que antes eram fixados  legalmente, incluindo jornada de trabalho, intervalo para descanso e férias.

    PARA CONTINUAR LENDO,
    TORNE-SE UM ASSINANTE

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.