O que é propriedade coletiva e como pode atuar contra a gentrificação

Experiência internacional chega a São Paulo em 2017 por meio de uma nova associação

    Registrado em 2016 e lançado no início de 2017 por um grupo de arquitetos e urbanistas que fazem parte da Associação pela Propriedade Comunitária, o Fundo Fica deseja garantir habitação em áreas centrais de grandes cidades.

    A ideia é levantar verbas a partir de doações, comprar e reformar apartamentos e alugá-los por preços abaixo do mercado. A propriedade não é privada, mas sim de um coletivo que a gestiona. O fundo é inspirado em modelos implementados há décadas em outros lugares do mundo, como Escócia, Estados Unidos e Alemanha. Eles buscam garantir moradia sem se pautar exclusivamente pelas regras de mercado.

    PARA CONTINUAR LENDO,
    TORNE-SE UM ASSINANTE

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.