Por que Superman virou um herói pró-imigração

Personagem, que também é imigrante, vem transmitindo mensagens de tolerância e inclusão em publicações recentes

    Temas
     

    O menino Kal-El imigrou para os Estados Unidos na década de 1930. Vindo de Krypton, sua nave despencou numa comunidade rural do Kansas, onde foi encontrado pelo casal Martha e Jonathan Kent. Kal-El foi rebatizado Clark Kent. Depois de uma adolescência complicada em que sofria bullying por ser “diferente” e tinha que esconder suas origens e poderes, Clark Kent foi tentar a sorte na cidade grande. A partir daí, o mundo conheceu o Super-Homem, um personagem sempre a postos na defesa da comunidade e da pessoa comum.

    Kal El/Clark Kent/Superman foram criados pelos americanos Joe Shuster e Jerry Siegel. O primeiro era filho de pais judeus, o pai proveniente da Holanda, a mãe da Ucrânia. Já os pais de Siegel eram emigrados judeus da Lituânia. Como a história lembra bem, no século 19, milhões de judeus saíram do Leste Europeu para os Estados Unidos, fugindo de pobreza, preconceito e violência.

    PARA CONTINUAR LENDO,
    TORNE-SE UM ASSINANTE

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.