Como evitar ou lidar com uma ‘bad trip’, sob a ótica da redução de danos

Prática é uma alternativa à ‘guerra às drogas', e busca diminuir problemas associados ao consumo

 

Criado em 2010, o coletivo ResPire Redução de Danos tem como objetivo diminuir os riscos do uso de drogas recreativas legais e ilegais em festas a partir de práticas sob o guarda-chuvas da “redução de danos”.

No campo das drogas ilícitas, esse conjunto de práticas serve como alternativa à estratégia da “guerra às drogas”. O diagnóstico de quem defende sua adoção é de que as restrições legais a substâncias como maconha, cocaína, crack, LSD e MDMA não conseguem acabar com o consumo na prática, assim como os problemas associados a ele.

ASSINE O NEXO PARA
CONTINUAR LENDO

Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
SEM DIFICULDADES

Já é assinante, entre aqui

Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.