As alíquotas do Imposto de Renda no Brasil explicadas em 5 Gifs

Governo tributa salários diferentes de maneiras diferentes. E uma mesma pessoa pode pagar mais de uma alíquota

O sistema tributário brasileiro tem quase 200 cobranças diferentes. A maioria delas é feita sobre empresas, o que aumenta o custo de se produzir e é repassado ao cidadão. Outros tributos incidem ou sobre bens e o consumo, como IPTU e IPVA, por exemplo. É mais raro, por aqui, tributar diretamente a renda do cidadão.

O principal tributo do tipo é o Imposto de Renda da Pessoa Física, que todo brasileiro que recebe salário de mais de R$ 1.903 paga. Para fazer a cobrança, a Receita Federal tem uma tabela que especifica as faixas de renda e as alíquotas que incidirão sobre cada uma. Mas o que muita gente não sabe é como o valor final a ser pago ao governo é calculado.

São cinco alíquotas diferentes: 0%, 7,5%, 15%, 22,5% e 27,5%. Mas esse não é o percentual que o contribuinte efetivamente paga.

PARA CONTINUAR LENDO,
TORNE-SE UM ASSINANTE

Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
SEM DIFICULDADES

Já é assinante, entre aqui

Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.