O Congresso quer mesmo o ‘distritão’ ou é um ‘bode na sala’?

Comissão aprovou mudança, que está prestes a ser votada em plenário. Cientistas políticos analisam alteração no sistema de escolha de deputados

     

    Aprovado na madrugada de quinta-feira (10) pela comissão especial da reforma política na Câmara, o “distritão” tem recebido críticas desde que foi incluído no texto da Proposta de Emenda à Constituição da reforma política em debate hoje no Congresso.

    A alteração está prestes a ser apreciada pelo plenário da Câmara, em duas votações, além de passar pelo Senado, também em dois turnos. Com isso, poderá valer já nas eleições de 2018, mudando de forma considerável a maneira como os brasileiros escolhem seus deputados federais, estaduais e vereadores.

    PARA CONTINUAR LENDO,
    TORNE-SE UM ASSINANTE

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.