De onde vem a prática (e a obrigação) de se depilar

Imposição de remover os pelos do corpo já foi cumprida por homens e mulheres no passado mas, com o tempo, ficou reservada às mulheres

     

    As ilustrações da americana de origem paquistanesa Ayqa Khan tentam normalizar a presença dos pelos no corpo feminino. Como ela, outras ilustradoras e ativistas feministas têm questionado o imperativo social de uma pele feminina lisa, sem nenhum vestígio da cobertura natural do corpo humano.

    Em janeiro de 2018, a estudante britânica Laura Jackson iniciou a campanha "januhairy" (janeiro peludo, em tradução livre) como uma forma de promover a aceitação do corpo feminino. Ativistas fora do Reino Unido também aderiram e publicam em redes sociais imagens com suas axilas e pernas sem depilação.

    ASSINE O NEXO PARA
    CONTINUAR LENDO

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.