Inadimplência atinge número recorde: quais as causas e as consequências

Brasileiros com dívidas em atraso eram 61 milhões em maio, cerca de 10 milhões a mais do que antes da crise econômica

     

    A inadimplência no Brasil bateu recorde em maio de 2017. Foi a maior registrada pela Serasa Experian, empresa especializada em análise de crédito, desde 2012. O número de brasileiros com contas em atraso foi de 61 milhões. Isso significa que um em cada quatro cidadãos adultos devia na praça.

    O dado só conta as pessoas que tiveram seus nomes enviados para cadastros negativos de crédito, aqueles que são conhecidos popularmente como “negativados”.

    PARA CONTINUAR LENDO,
    TORNE-SE UM ASSINANTE

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.