O que diferencia ‘Guardiões da Galáxia’ de outras adaptações dos quadrinhos

Com humor, efeitos especiais e trama focada em construir as relações dos personagens, sequência repete sucesso do primeiro filme

    Temas

    Mesmo aqueles que não gostam de filmes de super-heróis já ouviram falar dos filmes do Homem de Ferro, Capitão América, Batman e Homem de Aço. Entretanto, os Guardiões da Galáxia, um grupo secundário de heróis esquisitos da Marvel — mais conhecido pelos fãs de quadrinhos — roubou a cena em Hollywood como o primeiro filme em 2014 e repete agora o feito em 2017.

    O carisma do time B de heróis da empresa de entretenimento, representado por um cowboy espacial, dois assassinos (uma verde e outro laranja), um guaxinim violento e uma árvore animada que só é capaz de dizer o próprio nome cativou os fãs de filmes de heróis e levou 1,2 milhão de pessoas ao cinema na sua primeira semana em cartaz no Brasil.

    PARA CONTINUAR LENDO,
    TORNE-SE UM ASSINANTE

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.