Reforma trabalhista: 10 perguntas e respostas

Projeto que altera a CLT foi aprovado no Senado e agora segue para sanção de Temer

    O Senado aprovou nesta terça-feira, 11 de julho, o projeto de reforma trabalhista (PL 6787/16) de autoria do governo Michel Temer. A Câmara dos Deputados havia votado o texto no dia 26 de abril. O texto segue agora para sanção presidencial.

    A reforma é uma das apostas do Executivo para superar a crise econômica atravessada pelo Brasil, em conjunto com o teto de gastos públicos (já aprovado), a terceirização do trabalho (já aprovada) e a reforma da Previdência (que ainda precisa ser votada na Câmara e no Senado).

    PARA CONTINUAR LENDO,
    TORNE-SE UM ASSINANTE

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.