O que há na lista de inquéritos de Fachin. E como ela atinge governo e oposição

Relator da Lava Jato no Supremo determina abertura de investigações contra políticos com foro privilegiado, distribui casos para outras instâncias e divulga conteúdo das suspeitas

     

    O relator das ações da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal, ministro Edson Fachin, ordenou nesta terça-feira (11) a abertura de 76 inquéritos contra políticos e parlamentares.

    A determinação é uma resposta aos pedidos de investigação feitos pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, dentro da relação que ficou conhecida como a segunda lista de Janot.

    PARA CONTINUAR LENDO,
    TORNE-SE UM ASSINANTE

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.