Como o caso de agressão no BBB17 segue o ciclo típico da violência contra mulheres

Delegada que investiga o caso confirmou lesão corporal na vítima e pode enquadrar agressor na Lei Maria da Penha

    Na reta final da disputa pelo prêmio do Big Brother Brasil 17, reality show da TV Globo, o participante Marcos Harter foi expulso do programa na segunda-feira (10) por ter agredido Emilly Araújo, com quem mantinha um relacionamento desde o início do programa.

    As imagens de intimidação, agressão psicológica e física cometidas por Harter (ilustradas em detalhes pela capa do jornal carioca “Meia Hora” de terça-feira, 11) bastaram para que um inquérito fosse aberto pela delegada titular da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) de Jacarepaguá, zona oeste do Rio, Viviane da Costa. 

    PARA CONTINUAR LENDO,
    TORNE-SE UM ASSINANTE

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.