O que acontece com o Ciências sem Fronteiras. E as possíveis consequências do fim do programa

MEC suspendeu em 2016 os intercâmbios para graduação com o argumento de que não teve o retorno esperado

     

    No domingo (3), o colunista Lauro Jardim, do jornal “O Globo”, informou que o governo Michel Temer vai acabar com o Ciências sem Fronteiras (ou CsF), programa do governo federal que concede bolsas para alunos de graduação e pós-graduação realizarem um período do curso no exterior. O argumento utilizado pela atual gestão é o de que o programa não obteve o resultado esperado nos últimos anos.

    O programa ainda não foi oficialmente encerrado. Em 2016, o MEC (Ministério da Educação) já havia afirmado que não ofereceria mais bolsas para estudantes de graduação. Os benefícios para pós-graduação (incluindo mestrado, doutorado e pós-doutorado), no entanto, permanecerão, assim como o auxílio aos estudantes que já estão no exterior.

    PARA CONTINUAR LENDO,
    TORNE-SE UM ASSINANTE

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.