Transmissão de futebol: como Atlético-PR e Coritiba colocam em xeque o atual modelo

Clássico de domingo (19) entre as equipes paranaenses foi cancelado, após times se recusarem a fechar contrato de transmissão com emissora

    Temas
     

    O principal clássico do Paraná não aconteceu no domingo (19). O cancelamento da partida entre Atlético-PR e Coritiba se deu por uma questão política: a disputa dos times para acabar com o monopólio de transmissão dos jogos.

    Os clubes paranaenses recusaram uma proposta da Rede Globo, historicamente detentora dos direitos de transmissão, e decidiram exibir a partida via streaming, pelo canal das entidades no YouTube e no Facebook, com as gravações sendo feitas por uma produtora independente contratada pelos clubes. Ambos têm mais de 20 mil inscritos em suas páginas e o plano envolvia a atuação de narradores, comentaristas e até repórteres de campo.

    PARA CONTINUAR LENDO,
    TORNE-SE UM ASSINANTE

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.