Alexandre de Moraes na Lava Jato: o que, afinal, faz um ministro revisor no Supremo

Citado em delações da operação contra corrupção, Temer indicou seu ministro da Justiça para integrar mais alta corte do país

     

    Indicado pelo presidente Michel Temer para o Supremo Tribunal Federal, Alexandre de Moraes deverá ocupar o cargo de revisor da Operação Lava Jato no plenário da Corte, caso seu nome seja confirmado pelo Senado.

    Isso porque, pelos critérios do tribunal, quem faz a “revisão” dos processos é o ministro com menos tempo de casa em relação ao ministro relator daqueles processos. Mas, afinal, o que é um revisor? E qual vai ser a relação de Moraes, ministro da Justiça de Temer e aliado próximo do governador tucano Geraldo Alckmin, com os processos da maior operação contra a corrupção já realizada no Brasil?

    PARA CONTINUAR LENDO,
    TORNE-SE UM ASSINANTE

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.