As implicações da Women’s March para o futuro segundo três especialistas

Milhões de americanas e americanos marcharam pelos direitos das mulheres e de outras minorias no dia seguinte à posse de Trump. Aqui está o que pode acontecer agora

     

    Mais de três milhões, segundo a estimativa do site de dados “FiveThirtyEight”, em sua maioria mulheres, marcharam nos Estados Unidos no último sábado (21), dia seguinte à posse do presidente Donald Trump, em todo o país.

    A principal manifestação, em Washington, contou com 485 mil pessoas, de acordo com a média feita pelo site entre o número de manifestantes divulgado pela organização e pelas forças de segurança pública da cidade.

    PARA CONTINUAR LENDO,
    TORNE-SE UM ASSINANTE

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.