17 discos não ocidentais para ampliar seu repertório musical

O ‘Nexo’ conversou com músicos e DJs para fazer um levantamento de grandes discos que dão a dimensão do que está sendo feito na Ásia, Leste Europeu e África

     

    Há muita música de qualidade sendo feita em todas as partes do mundo. O problema é que, normalmente, nosso consumo musical fica restrito a só uma parte: o Ocidente. Principalmente à Europa e aos EUA.

    Músicas africana, asiática ou do Leste Europeu normalmente ficam de fora do radar musical da maioria das pessoas. DJs e pesquisadores, no entanto, têm trabalhado para divulgar essas obras e fazer as pessoas dançarem na pista sons de bandas iugoslavas, tailandesas ou etíopes.

    PARA CONTINUAR LENDO,
    TORNE-SE UM ASSINANTE

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.