Ir direto ao conteúdo

Quais foram as principais buscas dos brasileiros no Google em 2016 e como elas resumem o ano

Primeiro lugar nacional e global ficou com Pokémon Go. Política, esporte e tragédias também dominaram o interesse do país

     

    Os sites de busca se transformaram em fonte primária para sanar dúvidas ou se inteirar das novidades. Eles são o caminho rápido para quem quer saber o resultado de um jogo, as notícias da política nacional ou a origem de um novo meme.

    Em 15 de dezembro, o Google divulgou a lista dos termos mais buscados em 2016 em mais de 60 países e no mundo. No Brasil e globalmente, a principal busca foi “Pokémon Go”, jogo lançado entre julho e agosto e que foi notícia em todo lugar por conta da quantidade de adeptos.

    Além do top 10 geral, há divisões por categorias, como “pessoas”, “filmes”, “o que é…” e “por que…”. Entre os brasileiros, alguns dos destaques foram as eleições municipais, o músico MC Bin Laden, o desastre aéreo com o time da Chapecoense, o ex-presidente Lula e a Olimpíada do Rio de Janeiro.

    A lista anual do Google é conhecida também como “Zeitgeist”, palavra alemã que pode ser traduzida para o português como “espírito da época”. O nome faz sentido, afinal é possível encarar o ranking como uma retrospectiva do ano que se encerra e olhar listas anteriores para relembrar o que aconteceu no país e no planeta.

    Listamos abaixo algumas das principais buscas no Brasil entre as diferentes categorias do Google. Os itens não estão em ordem dos mais procurados, e sim são exemplos representativos do que aconteceu em 2016. Depois disso, veja o top 5 de algumas das categorias.

    Buscas de 2016

    Pokémon Go

    O jogo estreou no Brasil em agosto e logo repetiu o sucesso visto em países como Japão e Estados Unidos, onde havia sido lançado semanas antes. Jogo de realidade aumentada — mescla do mundo de fantasia com o real — mais bem-sucedido até hoje, Pokémon Go suscitou também debates sobre saúde, urbanismo e inclusão: para capturar pokémons e progredir, é necessário trafegar pelas ruas, o que levou fãs com dificuldades de sociabilidade a sair de casa.

    No entanto, os locais mais importantes do jogo, onde há mais pokémons e itens, são distribuídos de maneira desigual pela cidade. Isso gerou um ciclo vicioso, já que os jogadores passaram a frequentar ainda mais os pontos de destaque na cidade, geralmente em regiões mais ricas e movimentadas.

    Lula

    Com exceção do período em que esteve no Palácio do Planalto, o ex-presidente talvez tenha vivido em 2016 o ano em que mais esteve presente na mídia. Embora não apareça no top 10 geral, Lula foi a principal busca do ano no Google na categoria “pessoas”. Em março, ele foi conduzido coercitivamente para prestar depoimento à Polícia Federal.  Semanas depois, ainda no governo Dilma Rousseff, a nomeação de Luiz Inácio Lula da Silva como ministro da Casa Civil foi suspensa pelo ministro Gilmar Mendes, do Supremo, sob o argumento de que se tratava de uma obstrução de Justiça — no cargo, o ex-presidente obteria foro privilegiado e os processos relativos a ele teriam de ser tratados pelo Supremo, e não pelo juiz Sergio Moro, na primeira instância.

    No segundo semestre, Lula se tornou réu em cinco ações penais, três delas no âmbito da Operação Lava Jato. Ele nega as acusações. Apesar disso, o ex-presidente lidera todas as projeções de primeiro turno para a eleição presidencial de 2018 e, no segundo, só perde para Marina Silva.

    Chapecoense

    Quarta principal busca no top 10 geral, a queda do avião com a equipe da Chapecoense na Colômbia, em novembro, comoveu não só brasileiros, mas também o mundo. O time viajava para disputar a final da Copa Sul-Americana, feito inédito da sua modesta história entre os grandes clubes do país e do continente. Após pedido do também finalista Atlético Nacional, a Conmebol, entidade máxima do futebol sul-americano, oficializou o título que não teve disputa final para a Chapecoense, o que não teve só efeitos simbólicos: o clube obteve uma premiação de US$ 2 milhões, que poderá auxiliar na sua recuperação, e uma vaga na Taça Libertadores, maior campeonato do continente.

    Jogos Olímpicos Rio 2016

    Um dos principais acontecimentos do ano, a Olimpíada não tinha como não aparecer entre os primeiros lugares da lista. A delegação brasileira conseguiu seu melhor desempenho na história da competição. No ranking “esportistas”, todas as dez principais buscas foram sobre atletas que competiram nos Jogos, sete brasileiros — como os medalhistas Rafaela Silva, Diego Hypolito e Arthur Nory, este último envolvido em um caso de racismo — e três estrangeiros — entre eles o nadador americano Ryan Lochte, pivô de um caso policial no Rio em que mentiu à polícia sobre um assalto que não ocorreu, o que o levou a perder patrocínios e a ser suspenso da equipe americana após os Jogos.

    Brexit

    A busca recorrente por “por que o Reino Unido quer sair da União Europeia” mostra que, em 2016, os internautas brasileiros também prestaram atenção na geopolítica. Os eleitores do Reino Unido votaram a favor do Brexit (saída britânica do bloco), resultado acirrado e que reverberou no mundo como um possível sinal de desmantelamento da União Europeia, já abalada recentemente pelas discordâncias sobre as políticas para acolher refugiados. Para os britânicos, o nacionalismo pesou mais do que a integração regional.

    O Brexit é visto por alguns analistas como sintoma de uma onda nacionalista global, também presente nos EUA. Entre as notícias internacionais, outro destaque foi “por que o Estado Islâmico ataca a França” — após os atentados reivindicados pelo Estado Islâmico à redação do jornal “Charlie Hebdo” e à casa de shows Bataclan, ambos em 2015 e em Paris, em julho deste ano ocorreu um ataque na cidade de Nice que matou 86 pessoas, cuja autoria também foi reivindicada pelo grupo. A França é um dos países da coalizão militar que bombardeia territórios controlados pelo Estado Islâmico na Síria e no Iraque.

    Domingos Montagner

    O ator interpretava o protagonista da novela “Velho Chico”, da TV Globo, e se banhava no rio São Francisco, perto da foz, entre Alagoas e Sergipe, quando foi levado pela correnteza. Horas depois, o corpo de Montagner foi encontrado. Na categoria “atrizes”, a principal busca do ano foi por “Camila Pitanga”, que estava com o ator na hora em que ele desapareceu no rio.

    Ranking geral

    1. Pokémon Go
    2. Jogos Olímpicos Rio 2016
    3. Big Brother Brasil
    4. Chapecoense
    5. Tabela do Brasileirão

    Pessoas

    1. Lula
    2. Ana Hickmann
    3. David Bowie
    4. Donald Trump
    5. Fernanda Gentil

    Esportistas

    1. Arthur Nory
    2. Ingrid Oliveira
    3. Michael Phelps
    4. Usain Bolt
    5. Jade Barbosa

    Por que...

    1. Geraldo Luiz saiu da Record
    2. O Reino Unido quer sair da União Europeia
    3. Monica Iozzi vai sair do Video Show
    4. O WhatsApp foi bloqueado
    5. O Estado Islâmico ataca a França

    Memes

    1. Girl in the house
    2. A Fazenda
    3. Enem
    4. Tá tranquilo tá favorável
    5. Andrea Mello

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.

    Já é assinante?

    Entre aqui

    Continue sua leitura

    Para acessar este conteúdo, inscreva-se abaixo no Boletim Coronavírus, uma newsletter diária do Nexo: