Por que no Brasil há mais estradas concedidas à iniciativa privada do que em outros países

Hoje, 10,2% da malha rodoviária brasileira estão concedidos a empresas. Nos Estados Unidos, o percentual é de 0,1%, na Espanha, de 0,5%, e na Alemanha, de 2%

     

    Quando o Estado tem pouco dinheiro e é necessário investir em infraestrutura, uma solução que costuma ser colocada na mesa é atrair capital privado por meio de concessões — repassar a tarefa para uma empresa investir e administrar em troca de uma tarifa.

    No âmbito das rodovias, o país vem fazendo isso há duas décadas, e tem um percentual da malha de estradas concedidas à iniciativa privada muito superior ao presente em países importantes.

    PARA CONTINUAR LENDO,
    TORNE-SE UM ASSINANTE

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.