O ‘apagão’ da TV analógica e a disputa que ele suscita

Brasília deveria ter se tornado na quarta-feira (26) a primeira capital a ter o sinal analógico desativado. A medida foi, no entanto, adiada

     

    Desde 2007, o Brasil vem planejando a a transição do sinal de TV analógico para o digital. A mudança deve fornecer não só imagem e som sem chiados ou chuviscos, e em alta definição, mas também liberar frequências que serão usadas, por exemplo, por companhias telefônicas para ampliar a rede de banda larga móvel, conhecida como 4G.

    Em 2014, o Ministério das Comunicações editou o cronograma da desativação da TV analógica no país, que foi apelidado de “apagão analógico”. O primeiro passo estava previsto para ocorrer na quarta-feira (26), quando o sinal seria desligado em Brasília e nove cidades do entorno.

    ASSINE O NEXO PARA
    CONTINUAR LENDO

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.