3 dados preocupantes sobre a Justiça brasileira

Relatório que acaba de ser divulgado pelo Conselho Nacional de Justiça mostra que sistema judiciário no país continua caro e pouco eficiente

     

    O Conselho Nacional de Justiça publica desde 2004 um relatório com dados sobre o funcionamento do Poder Judiciário no Brasil. O documento Justiça em Números, de 2016, que acaba de ser divulgado pelo órgão, traz informações sobre o tempo dos processos no país e as despesas por grau de jurisdição.

    O relatório indica que a Justiça brasileira permanece cara e pouco eficiente, principalmente se comparada à de outros países. Com base no novo documento do CNJ, o Nexo lista três dados preocupantes sobre o Poder Judiciário do país.

    ASSINE O NEXO PARA
    CONTINUAR LENDO

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.