Por que o Brasil é uma potência Paraolímpica

Investimentos estatais e aliança com universidades ajudam a explicar o sucesso do esporte paraolímpico

     

    O Brasil ficou em 13º lugar no ranking de medalhas da Olimpíada de 2016, realizada durante o mês de agosto no Rio. A meta era ficar entre entre os dez países mais premiados.

    Agora, com o início da Paraolimpíada, a meta da delegação brasileira é bem mais ousada: ficar entre os cinco países mais premiados.

    ASSINE O NEXO PARA
    CONTINUAR LENDO

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.