Por que o número de servidores públicos a cada mil habitantes cresceu 42% em 14 anos

Expansão da folha dos municípios puxou a alta; para pesquisador da FGV, resultado decorre da construção da rede de proteção social prevista na Constituição e crise pode reverter tendência

     

    A densidade do funcionalismo público no Brasil, que significa quantos servidores há em relação à população total, teve uma alta expressiva de 2000 a 2014. No início desse período, havia 31 servidores das três esferas da Federação a cada mil habitantes. Quatorze anos depois, eram 44 — alta de 42%.

    O principal motivo desse aumento foi a expansão da folha de pagamento dos municípios. Nesse intervalo, o número de funcionários públicos vinculados às prefeituras cresceu 145%, de 2 milhões para 4,9 milhões.

    ASSINE O NEXO PARA
    CONTINUAR LENDO

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.