O que é a técnica do ‘split-screen’ e como ela evoluiu no cinema

Dividir a tela em duas ou mais partes ainda é um recurso muito comum. Veja exemplos ao longo da história

    Temas
     

    O “split-screen” (tela dividida, em português) é uma técnica cinematográfica que, como o nome indica, divide a tela em duas ou mais partes. Ela permite que cenas de um filme se desenrolem simultaneamente em uma mesma tela, revelando ao espectador diferentes pontos de vista da câmera.

    Como linguagem, a função do split-screen na narrativa pode ser a de mostrar um mesmo momento de perspectivas diferentes, ou cenas que ocorrem, simultaneamente, em lugares distintos. Um uso clássico dessa técnica é a conversa telefônica: separados no espaço, os personagens aparecem juntos na tela.

    ASSINE O NEXO PARA
    CONTINUAR LENDO

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.