O que é o fujimorismo e como ele pode voltar ao poder no Peru

Keiko Fujimori é a favorita nas pesquisas para a eleição presidencial de país sul-americano. Chance de vitória traz consigo o temor de um indulto ao pai da candidata, preso por crimes contra a humanidade desde 2005

     

    Se as pesquisas se confirmarem, Keiko Fujimori, do partido Força Popular, deve vencer o segundo turno das eleições presidenciais peruanas no domingo (5). Mas, ainda que isso não aconteça, uma votação expressiva já terá ressuscitado um fantasma que o país andino pensava ter superado: o fujimorismo.

    PARA CONTINUAR LENDO,
    TORNE-SE UM ASSINANTE

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.