A luta contra a homofobia e os crimes de ódio

Levantamento anual aponta crimes ‘com requintes de crueldade’ no Brasil contra homossexuais e transexuais

     

    Em 1990, a OMS (Organização Mundial de Saúde) retirou a homossexualidade de sua lista de doenças mentais. Hoje, o dia 17 de maio é comemorado ao redor do mundo como o dia Internacional da Luta Contra Homofobia, Transfobia e Bifobia.

    No Brasil, a homossexualidade deixou de ser considerada doença já em 1985. Houve avanços desde então na garantia de direitos para gays, lésbicas e transexuais (apesar de estes ainda serem classificados como portadores de transtorno psiquiátrico pela OMS). Integrar esses grupos, porém, ainda é um risco no país, associado diretamente ao preconceito.

    ASSINE O NEXO PARA
    CONTINUAR LENDO

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.