Serviço militar obrigatório: manter, ampliar ou extinguir?

Senador defende ampliação do recrutamento de jovens nas Forças Armadas. Defesa diz que não tem dinheiro, mas elogia proposta que, para especialista, é um erro

     

    Em 2015, ao completar 18 anos, 1,7 milhão de brasileiros tiveram de se apresentar numa unidade das forças armadas para o serviço militar obrigatório.

    Para a maioria dos jovens, o alistamento é um inconveniente. Mas para muitos é uma oportunidade. Apenas 86 mil foram incorporados no ano passado. Isso equivale a 4,8% do total.

    PARA CONTINUAR LENDO,
    TORNE-SE UM ASSINANTE

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.