Governos estaduais buscam acerto com União, mas crise regional vai além da negociação da dívida

Situação fiscal dos Estados brasileiros é grave e não se resolverá apenas com a renegociação com o governo

     

    Sem dinheiro para investimentos e pagamento de despesas, governadores recorrem a Brasília, buscando alívio nas dívidas com a União.

    Um projeto de lei que tramita no Congresso propõe aumentar o prazo para o pagamento dessas dívidas em 20 anos. Ele deve ser votado na Câmara em até 40 dias, antes de seguir para o Senado, onde tem 45 para ser votado. Sua aprovação deve custar R$ 45 bilhões ao governo federal nos próximos três anos, mais do que o previsto inicialmente.

    ASSINE O NEXO PARA
    CONTINUAR LENDO

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.