O que houve de diferente nesta manifestação pró-Lula e governo

Solidariedade a ex-presidente e ataques a Sérgio Moro e à Lava Jato marcam quarto grande ato contra o impedimento do governo Dilma

    Dezenas de cidades brasileiras, incluindo todas as capitais dos Estados, realizaram nesta sexta-feira (18) o quarto grande ato em defesa do mandato da presidente Dilma Rousseff desde que ela tomou posse do segundo mandato, em janeiro de 2015.

    Segundo o instituto Datafolha, 95 mil pessoas estiveram na avenida Paulista, em São Paulo, um dos principais palcos das manifestações. Foi o maior público dos atos pró-Dilma realizados até agora.

    PARA CONTINUAR LENDO,
    TORNE-SE UM ASSINANTE

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.