Humor patológico: a doença que transforma o paciente em um compulsivo por piadas ruins

‘Compulsão por trocadilhos’ aparece em pacientes que tiveram algum tipo de dano cerebral. Mas tem tratamento

Em 1929, o neurologista alemão Otfrid Foerster observou um fenômeno curioso: enquanto operava um homem com um tumor no cérebro, o paciente - ainda consciente, o que era comum na época - começou a contar piadas terríveis, uma atrás da outra.

PARA CONTINUAR LENDO,
TORNE-SE UM ASSINANTE

Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
SEM DIFICULDADES

Já é assinante, entre aqui

Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.