O que está acontecendo na Vila Autódromo, no Rio de Janeiro

Prefeitura do Rio desapropriou casas de moradores para dar lugar a obras dos Jogos Olímpicos

     

    A líder comunitária Maria da Penha Macena, símbolo de resistência na Vila Autódromo, na zona oeste do Rio de Janeiro, foi despejada e teve sua casa demolida na manhã desta terça (8) pela Prefeitura do Rio de Janeiro, comandada por Eduardo Paes (PMDB-RJ).

    A desapropriação da casa de Maria da Penha é emblemática, particularmente no Dia Da Mulher. Ela tem liderado, desde 2014, o movimento pela manutenção da Vila Autódromo, comunidade que fica entre o Parque Olímpico, onde acontecerão as principais atividades dos Jogos Olímpicos, e a lagoa de Jacarepaguá, na zona oeste do Rio. O Parque Olímpico fica na Barra da Tijuca, um bairro nobre da cidade.

    PARA CONTINUAR LENDO,
    TORNE-SE UM ASSINANTE

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.