Manuela D'Ávila desiste da eleição em Porto Alegre. Uma decisão pessoal de impacto eleitoral

Política do PC do B líder nas pesquisas para a prefeitura da capital gaúcha decidiu não disputar eleição e se dedicar à filha bebê. PSOL e PT ganham espaço no pleito de outubro

     

    Manuela D’Ávila, ex-deputada federal por dois mandatos e hoje deputada estadual pelo PC do B do Rio Grande do Sul, anunciou na quarta-feira (17) que não será candidata a prefeita de Porto Alegre nas eleições deste ano, apesar de liderar as pesquisas.

    É o segundo passo dado por Manuela na direção contrária do script esperado para um político que almeja ampliar seu poder em esferas do Executivo ou do Legislativo.

    ASSINE O NEXO PARA
    CONTINUAR LENDO

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.