Ir direto ao conteúdo

Este infográfico é uma pequena aula de fotografia

Imagem explica os efeitos da abertura do diafragma, do obturador e do ISO na foto

    Há diversos conceitos na fotografia que podem confundir os iniciantes. No entanto, este infográfico, feito por um fotógrafo alemão, explica em poucos segundos, o que muda na imagem quando você trabalha com três itens básicos da câmera: a abertura, o obturador e o ISO.

     

    A abertura (aperture, em inglês) se refere ao diafragma, uma espécie de “olho” da lente. Ele é formado por lâminas que controlam a entrada da luz no momento do clique. Quanto mais aberto, mais luz entra na câmera. Os números “f” indicam o quanto o diafragma vai se abrir - quanto maior o número, menor a abertura. A abertura, como o infográfico indica, regula a profundidade de campo da lente. Quanto mais aberta a lente, mais reduzido é o campo que estará em foco.

    O obturador (shutter em inglês) é referente à velocidade de disparo da foto. Ele é medido em segundos ou frações de segundos. Quando você tem 1/2, por exemplo, significa que o obturador ficará aberto por meio segundo. Quanto mais tempo aberto, mais luz ele captura. E, se o objeto estiver em movimento, a foto ficará mais “tremida” - tal como o infográfico sugere.

    Por fim, o ISO, que se refere à sensibilidade do filme, nas câmeras analógicas tradicionais. Hoje em dia, o ISO refere-se à capacidade das câmeras digitais em processar a imagem a partir da luz. Quanto maior o número, maior a sensibilidade. Um ISO baixo é recomendado para locais bem iluminados. Ele capta pouca luz, por isso, é capaz de deixar a imagem mais nítida e com mais detalhes. Já um ISO mais alto, utilizado em ambientes mais escuros, capta mais luz ao passo que deixa a foto com menos detalhes e com pontinhos granulados.

    O infográfico está disponível para download em alta resolução aqui.

    ESTAVA ERRADO: A versão original deste texto informava que a abertura altera a distância focal da imagem e que quanto mais aberta a lente, mais limitado é o foco. Na verdade, é mais preciso dizer que a abertura regula a profundidade do campo da lente e que quanto mais aberta, mais reduzido é o campo que estará em foco. A correção foi feita em 12/02/2016 às 22h58.

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa Equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project. Saiba mais.

    Mais recentes

    Você ainda tem 2 conteúdos grátis neste mês.

    Informação com clareza, equilíbrio e qualidade.
    Apoie o jornalismo independente. Junte-se ao Nexo!