Maracatus, congada, frevos e orquestras: a história do Carnaval de Recife e Olinda

Festa pernambucana é famosa pelo frevo, mas tem origem nos maracatus de baque virado e de nação africana, tradicionais entre a população mais pobre

    Temas
     

    O Carnaval pernambucano é um dos mais tradicionais do Brasil, principalmente em Olinda e Recife. É na capital do Estado que acontece o Galo da Madrugada, considerado o maior bloco do mundo, e que em 2016 reuniu mais de 2,5 milhões de pessoas. Em meio a bonecos de Olinda, frevo e bagunça, há também uma tradição de séculos.

    Veja como o Carnaval pernambucano se tornou o que é:

    PARA CONTINUAR LENDO,
    TORNE-SE UM ASSINANTE

    Tenha acesso ilimitado e apoie o jornalismo independente de qualidade

    VOCÊ PODE CANCELAR QUANDO QUISER
    SEM DIFICULDADES

    Já é assinante, entre aqui

    Todos os conteúdos publicados no Nexo têm assinatura de seus autores. Para saber mais sobre eles e o processo de edição dos conteúdos do jornal, consulte as páginas Nossa equipe e Padrões editoriais. Percebeu um erro no conteúdo? Entre em contato. O Nexo faz parte do Trust Project.